Amador
Bebendo a porra do negão mendigo

Bebendo a porra do negão mendigo. Um dia eu estava brincando com meus amigos no barreirão e lá tinha uns carros abandonados. Que os traficantes desovavam lá. Na verdade o barreirão inteiro era dominado pelos traficantes pois era ponto de drogas. Até corpos já foram encontrados lá. Mas como eu e meus amigos conhecíamos os caras não tínhamos medo.


clique e veja

Já no final da tarde resolvemos dar uma olhada nos carros, pra ver se a gente encontrava algo interessante.
E encontramos! Pelo menos pra mim.
Dentro de um desses carros encontramos uma camisinha usada amarrada. Mas o q me impressionou foi pq ela estava muito cheia de porra. Quase metade da camisinha com esperma branco e grosso.
– eita carai, o cara gozou q nem cavalo – meu amigo disse
– esse aí tava com tesão mesmo – Eu disse.
– oxe só pode ter sido Ovão, aquele coroa mendigo que dorme por aqui de vez em quando.
– serio? E como tu sabe?
– É q os caras falam q ele fica tocando punheta aqui. Um dia eu vi, ele ficou balançando a rola pra mim e me chamando, mandei ele se fuder.
Na hora bateu um tesao. Eu tinha que conhecer esse tal de ovão.
Esperei meu amigo ir embora e na mesma hora voltei lá e peguei a camisinha, fiz um furinho e fui bebendo a porra todinha. Delícia. Grossa. Gosto forte de esperma que encheu minha boca todinha. Ia engolindo aos poucos e batia uma punheta enquanto descia pela garganta. Gozei e fui embora pra casa.

No outro dia passei de novo pra ver se encontrava outra camisinha e quando abri a porta do carro tomei umsusto. Tinha um senhor negão de cueca dormindo lá dentro. Ele acordou assustado. Eu pedi desculpas.
Era Seu Ovão.
– porra pirraia, me acordassse carai.
– desculpa seu ovão;
– ovão é o carai, me respeita porra.
– foi mal, é q os car\s te chamam assim.
– to ligado, esses pirrraia são é uns veadinhos. Qualquer dia desses estouro o cu deles a força pra eles me respeitarem.
– kkkkkkkkkk – Eu ri, mas senti tesão.
– Tas fazendo o que aqui pirraia??
– Tava brincando no barreiro e…. – De repente eu vi que tinha outra camisinha gozada perto do seu ovão, me tremi todo e ele percebeu meu nervosismo.

– Se assustou foi pirraia kkkkkkkkk
-Isso é de verdade??
– É pirraia, nunca viu não? Porra, leitinho. Só não ta quente pq bati essa de madrugada.
– Mas é muita porra…
– Oxe, isso pq foi batendo uma mas quando eu gozo fudendo uma boquinha meu pirraia, é gala até umas horas kkkkkkkk parece mijo.
– A pessoa deve engasgar com tanto esperma assim kkkkk
– Engasgam nada. Esses viados engolem todinho. Semana passada mesmo, um desses viados que ficam por aqui a noite pra dar o cu pros maconheiros, deu uma chupada q gozei duas vezes naquela garganta.
– Oxe, e o pessoal fode aqui a noite é?
– E muito!! Os maconheiros botam pra fuder.
Fiquei com mais tesão ainda.
– Sim pirraia e tu ta fazendo o que aqui ainda? Se tiver a fim de tomar porra avisa, mamadeira ta cheia, se num quiser da o lavra.
– Eu nunca fiz isso rsrsr – Mentira né. Já tinha tomado muita porra dos malandros e dos meus tios.
-É igual a tomar mamadeira pirraia, só chupar e esperar o leitinho quentinho. Cai de boca aqui.
Ele botou o cacete grosso pra fora. Era veiúdo e taludo mas macio. Com o tesão que eu tava nem pensei duas vezes e caí de boca. Como a pica dele era macia dava pra engolir tudo, apesar do tamanho. Porém preenchia minha garganta toda. Tinha um cheiro ardido, devia fazer dias que ele não tomava banho.
– Porra pirraia, ta com sede hein? Chupa um cacete com um gosto da porra. Tu já é experiente nisso que eu to ligado. Bezerrinha safad.. Continua ai q eu logo logo eu gozo.

Eu mamava aquela pica fedida, grossa veiúda enquanto segurava os ovos deles q mal cabia na minha mao. Isso fez com que ele gemesse de tesão e de repente ele soltou um urro e junto veio uns 10 jatos de porra na boca parecia mijo. Porra grossa com gosto forte e quente que encheu tanto minha boca q escorria pelo canto.
– Isso abre essa boquinha, mostra pro papai essa boquinha cheia de porra mostra.
Eu abri a boca e mais porra escorreu pelo canto.
– Agora engole de uma vez só pro papai ver vai, Engole meu leitinho todinho.
Sem cerimonia dei uma engolida de uma vez só e só senti aquela porra grossa escorrendo pela garganta.
Quando estava limpando minha boca o safado ainda disse. – Calma que ainda acabou não. Vc vai tomar essa porra aqui guardada. E ele pegou a camisinha q estava cheia de porra q ele tinha gozado a noite.
– Abre essa boquinha e toma a porra de painho direto no saquinho vai bezerrinha safada.
Abri a boca e ele despejou aquela porra todinha na boca e fui tomando como se fosse um suquinho.
Delicia sentir aquele monte de esperma. Não aguentei e gozei em seguida. Mas nada se comparava o quanto aquele bicho gozava.
Ele ficou me elogiando dizendo q eu era a bezerrinha mais safada da favela e que eu voltasse toda vez q eu tivesse com fome de mamadeira q ele ia me dar sempre.

 

Related Post

O Site Territporio Proibido possui artigos direcionados a Maiores de 18 anos. Caso você tenha menos de 18 anos recomendo não acessar o Portal! Nosso Site é Livre de Vírus e todo o seu conteúdo é encontrado na internet (Fotos, vídeos e matérias). Caso você seja detentor do Direito de algum texto/imagem/video ou tenha se sentido ofendido com a divulgação de algum conteúdo particular, entre em contato conosco pelo E-mail:emaildecontato2013@gmail.com
Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.